Canais via SatéliteApontador de SatélitesTeste

Buscar Conteúdo

Links Patrocinados

Reconhecendo um Az-America S810B Clonado

Atenção! É importante ressaltar que o equipamento utilizado na análise foi comprado há alguns meses e é possível que os clones recentes tenham eliminados algumas dessas diferenças.
Podem haver clones no mercado que não apresentem todas essas características diferentes.

Externamente, note a aparência e a transparência da tampa frontal.

Você pode ver a diferença do cabo de alimentação, o original é mais grosso e com letras brancas enquanto o clonado é mais fino e com letras em relevo.

A serigrafia nos conectores coaxiais são diferentes. Na esquerda um original e na direita um clone. Note a diferença na espessura das letras.

Vamos aos detalhes em seu interior.

Na parte interna, no leitor de cartões, pode-se ver claramente que o original tem um bom acabamento. Note o símbolo H&V, enquanto que o clone é de material de baixa qualidade e não tem o símbolo.

O cabo que conecta a porta serial à placa-mãe é formado por quatro fios coloridos, protegidos por um tubo espaguete térmico, enquanto o clone usa um cabo flat branco de 6 vias.

Outra diferença, e a mais perigosa, é a falta de proteção no conector do HDMI. Notem os componentes (chips) pretos no orignal, à esquerda. Estas proteções impedem que em caso de curto-circuito no processador de vídeo do receptor seja enviada tensão pelo cabo HDMI danificando a TV e vice-versa. Uma grande falha no projeto apenas para economizar alguns centavos.

Parece que na hora de escolher o sintonizador não economizaram e colocaram um igual ao original, mas colocaram um modulador de vídeo genérico. No original um modulador da marca Tenas, enquanto no clone apenas mostra o número de série.

Outro ponto em que não conseguiram clonar o Az-America foi este. Na esquerda marcados com a seta vermelha está o chip de identificação para o software de um receptor Az-America original. No clone este componente foi removido (seta vermelha) e dois novos componentes foram adicionados (setas roxas).

Finalmente, na fonte de alimentação se notam grandes diferenças. O transformador no original é de boa qualidade, bem pesado e garante tensão bem regulada. No clone o mesmo elemento é de baixa qualidade e bem leve. Nas medições puderam ser observadas diferenças de 0,2 V entre os dois equipamentos, mostrando que a fonte do clone pode não fornecer tensão corretamente.

Se você desconfia que seu equipamento não é original ou se está dando problemas com as novas atualizações, contacte o seu vendedor e exija dele o suporte adequado.

ATENÇÃO! É importante lembrar que a fabricação do Az-America S810B EvolutionBox foi cessada há alguns meses. Se você comprou um S810B novo recentemente a probabilidade de que seja um equipamento clonado é grande.

Agradecimentos ao colega jtmarch20 do fórum Az-World.org pela disponibilização do material. O conteúdo acima foi adaptado e traduzido livremente para o conhecimento dos colegas brasileiros.